Primeiros passos para comprar um imóvel

Tá todo mundo me perguntando sobre o processo de se comprar um ap, de quanto precisa de dinheiro, que é muito caro e blá blá blá.

Então, decidi esclarecer algumas coisinhas pra vocês.

Bem, para você saber os valores para comprar um ap, você deve utilizar o simulador de habitação da caixa http://ow.ly/fLERy.

Nele você precisa preencher todos os dados necessários utilizando sua renda ou sua e do seu parceiro juntas, lembrando que deve-se colocar o valor da renda bruta, sem os descontos de INSS, plano de saúde e os demais benefícios do trabalhador.

Após o preenchimento dos campos clique em avançar e depois em TAXA BALCÃO e observe que ele vai lhe dá o valor de entrada e o valor do financiamento.

O valor da entrada é o que você paga a construtora, já o valor do financiamento você irá pagar à Caixa após a construção do imóvel, quando sai o habite-se*.

Você comprando o imóvel na planta, a entrada pode ser paga da seguinte forma: ela é dividida em sinal + parcelas durante a construção.

Assim, no ato da compra, você paga à vista o sinal, cerca de 30% do valor da entrada. E, durante a obra, 24 meses, 30 meses, depende de cada empreendimento, você paga o valor restante da entrada, dividido pelos meses. Nesse período, existem intercaladas, valor maior que as parcelas mensais que normalmente é pago anualmente durante a construção do imóvel.  Uma forma de anular as intercaladas é aumentando o valor da parcela mensal.

Só no término da construção do imóvel, quando sai o habite-se, que você precisa pagar o valor do financiamento à Caixa, montante restante do valor total do imóvel.

O pagamento à Caixa consiste em parcelas decrescentes e pode ser realizado durante 300 meses (25 anos), 360 meses (30 anos) depende do imóvel, podendo ter o prazo diminuído de acordo com as suas condições. Por exemplo, quando você for fechar o financiamento com a Caixa, você pode pagar um valor mais alto para abater no valor total do financiamento.

Essas são as principais etapas no processo de compra de um imóvel.

Espero que tenha ajudado vocês. Comentem!

 
*habite-se: documento emitido pela prefeitura onde o imóvel se localiza, no qual comprova que o empreendimento foi construído de acordo com a legislação e pode ser habitado
Anúncios

Visitando a loja.

E no dia 21 de outubro eu fui visitar a loja da construtora…é, aquela mesmo que falei no post passado, responsável pelo empreendimento que eu estava procurando. Pois é, não só eu fui na loja conversar com a corretora como também Bruno, minha cunhada, sogra e sogro, família do namorado em peso. Mas, quem acompanhou os processos com a gente foi só seu Ivanildo mesmo, enfim.

A moça simpática do chat tava lá, bem ocupada, tivemos que aguardar uns bons minutos até ser atendidos, mas tudo bem, não foi tão ruim, eu queria esperar, o assunto era importante e eu ia esperar o dobro se fosse preciso, hehe xD

Sentamos juntos, eu, Bruno, seu Ivanildo e a moça e começamos a falar, tirar algumas dúvidas que ainda restavam, ver o mapa do local onde a empreendimento vai ser construído, a planta do imóvel e umas coisitas mais.

Dai vem a parte mais importante e mais dura, o money.

Mas, antes tínhamos que escolher qual ia ser o nosso cantinho,  bloco, andar e apartamento. As opções eram poucas e a maioria pegava o sol da tarde, triste =/ Queríamos alto, questão de privacidade, barulho etc…decidimos pelo 703. Quando a moça foi confirmar, uma unidade perfeita tinha surgido (talvez uma desistência), Bloco 06, ap 704, alto e nascente.

E é hora dos cálculos, mais uma simulação, novos valores. Finalizado tudo, nesse momento a família toda de Bruno lá já, apoiando a compra, eu ainda tava na dúvida. Afinal, é uma decisão muito importante a ser tomada, não é qualquer roupa ou sapato que estamos comprando né?!

Mas no outro dia, na segunda-feira, 22 de outubro eu já tinha decidido de certeza, eu queria o apartamento e iria comprar com Bruno =D

Na noite do mesmo dia eu já enviei a cópia de alguns documentos e no dia seguinte, terça-feira, 23 de outubro, enviei os que ainda faltavam.

 

Estava tudo lindo até que no dia 24 de outubro uma moça do administrativo da construtora me liga…

Tudo começou no chat online.

18 de outubro, quinta-feira – Um dia de trabalho como qualquer outro, e eu escuto um colega conversar com outro sobre um apartamento que ele havia comprado e tá pagando [Eu já tava interessada em apartamentos mas não encontrava um que agradasse a mim e a Bruno (aquele que me atura desde 09/04/2008) =/]

Foi ai que eu decidi entrar no site da construtora, essa de grande porte e confiável, o que me fez acreditar no empreendimento e abrir um sorriso no meu rosto.

Antes mesmo de eu falar qualquer coisa ao meu amado, lá estava eu, no chat da construtora conversando com uma moça simpática e perguntando detalhes e formas de pagamento do meu futuro Lar Cerejeira ♥

Tiradas minhas dúvidas e analisado a possibilidade de compra, uma vez que as condições de pagamentos estavam dentro do meu orçamento, corri pro gtalk pra contar a Bruno da oportunidade que tínhamos pela frente. (Lembrando que o empreendimento fica a 3 km da Cidade da Copa, ou seja, é um bom negócio para investir também.)

E, como eu já esperava, Bruno gostou e me disse: “vamo nessa! eu topo!”. Não tem como não ficar feliz quando você tem o apoio de quem ama né?!

Finalizei o atendimento no chat online e mandei um e-mail todo detalhado e explicativo pro meu futuro marido com todas as informações que coletei e pedi pra que ele mostrasse ao seu pai, afinal, meu sogro trabalha em construtora e iria entender melhor do que nós dois se aquele era realmente um bom negócio.

Eu ansiosa que sou, não parei de perguntar a tarde inteira a Bruno se o pai dele responde e-mail rápido, se ele iria responder ainda hoje e bla bla bla.

Finalzinho da tarde…

Bruno: pera, meu pai ligou.

Eu: e ai, e ai? ele disse o que?

Bruno: ele disse que gostou, construtora grande…(e mais um bocadinho de coisas positivas)

Me enchi de felicidade quando soube que tinha o apoio dele, seu Ivanildo, meu sogro.

 

E no dia 21 de outubro eu fui visitar a loja da construtora…